genealogia-brasileira

GENEALOGIA

Ayres Feliciano de Mendonça

 Pesquisa Genealógica   Brasão de Armas   Links de Genealogias   Cidadania   Inclua sua Família  Comunidades  Contato

 

AYRES FELICIANO DE MENDONÇA

Camacho Falcão  Falcão de Mendonça  Mendonça Louvrier  Moraes de Mendonça  Muselli de Mendonça  Pinheiro Falcão  Saldanha de Mendonça  Salgado de Mendonça  Siqueira de Mendonça
Aires Feliciano de Mendonça (1840 - Goiaz -1926 - Rio de Janeiro)
Filho de Manoel Joaquim de Mendonça e de Francisca Ramos Jubé
Mestre Aires, como era conhecido, foi professor de português e latim no Liceu de Goiás (fundado em 1846 e segundo colégio mais antigo do Brasil em atividade), além de professor de diversas personalidades da cultura e da política brasileira, oriundos de Goiás, entre eles: Vitor de Carvalho Ramos(1893-1976), Albatênio Caiado de Godoy (1893-1973).
Vida Política e Parlamentar
Vereador à Câmara Municipal de Goyaz, 1886.
Deputado Provincial, 1883-1885.
Membro do Conselho Municipal, Goiás, 1886.
Deputado Provincial, 1889. Eleito pelo 2ª círculo;
Constituinte Goiana, 1891.
Deputado Estadual, 1.ª Legislatura (1892-1894).
Outras Informações:
Filiado ao Partido Liberal, Império.
Filiado ao Partido Republicano de Goiás, Centro Republicano,  1890.
Chefe de seção, Secretaria de Governo, aposentado em 15 de julho de 1876.
O Mestre Aires teve dois filhos num primeiro casamento com Maria Rufino Coelho de Mendonça :
Mario Coelho de Mendonça (nasceu em Goiás e faleceu em 1960 no Rio de Janeiro) estudou no Seminário Episcopal Santa Cruz, da Cidade Goiás e se formou padre. Em 10 de agosto de 1896, Dom Eduardo Duarte da Silva, Bispo de Goiás, transferiu a sede de diocese de Goiás para Uberaba-MG, trazendo todos os Seminaristas e o corpo docente do Seminário da Cidade Goiás, onde o Padre Mario continuo seu trabalho. Depois o Padre Mario trabalhou no Rio de Janeiro na Igreja de São Jose na avenida Antonio Carlos.
Inocência de Mendonça  “Censinha” , portadora de uma deficiência visual, nasceu em Goiás e faleceu em 1930 no Rio de Janeiro.
Casado com Januária Ramos Jubé  em 1882, o Mestre Aires teve tres filhos:
Cláudio de Mendonça (1888-1954), mestre dactiloscopista que veio para o Rio de Janeiro, trabalhou com Félix Pacheco e foi casado com Nair da Glória Pinheiro Falcão.
Antonio Ayres de Mendonça, nascido em Goiás e falecido em 1977 no Rio de Janeiro, foi Almirante médico, participou da missão médica da marinha brasileira na primeira guerra mundial, servindo em Paris, foi diretor do serviço de identificação da Marinha em 1946, Diretor do Sanatorio Naval de Nova Friburgo e Diretor Geral de Saúde da Marinha. Foi casado com Helena de Medeiros Albuquerque, falecida no Rio de Janeiro em 1957, professora primária, filha de José Joaquim de Campos de Medeiros e Albuquerque  (conselheiro do Império) e de Maria Carolina Ribeiro de Medeiros. Helena era irmã de José Joaquim de Campos de Medeiros e Albuquerque (filho) e (autor da letra do Hino da República)  e de Mauricio de Medeiros, ambos, membros da Academia Brasileira de Letras. Viveu na rua Medeiros Passos na Usina da Tijuca. Depois do falecimento de Helena, Antonio mudou-se para o Castelo para um apartamento. Tinha uma casa em São Gonçalo, adquirida ainda antes da construção da ponte Rio-Niterói. Casou-se com Catarina ...
Maria Úrsula de Mendonça “Benzinho” (nasceu em Goiás e faleceu em 1962 no Rio de Janeiro) funcionária do Instituto Félix Pacheco, foi casada com Paulo Bremen. Morou na Rua Evaristo da Veiga.
Mestre Aires mudou-se para o Rio de Janeiro por volta de 1920 com Januária e as filhas Inocência e Maria Ursula, trazidos por Icarahy da Silveira, engenheiro, amigo da família.  Foram morar na Rua barão de Ipanema 101. Para ficar mais próximo dos filhos e netos, mudaram para o largo da Segunda Feira, onde Maria Úrsula casou e onde todo domingo recebia a visita dos filhos e netos. Faleceu em 1926 no Rio de Janeiro. Januária ainda morou na avenida Mem de Sá com Gomes Freire e depois ficou em uma pensão para senhoras até seu falecimento em 1938.>
Custom Search

ÁRVORES GENEALÓGICAS

Pesquise sua árvore genealógica no índice abaixo. Se não tiver:  clique e Inclua sua Família ou atualize seus dados. É gratuito! Você pode também  incluir um link para acesso à página de sua família.

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z