genealogia-brasileira

GENEALOGIA

Família Pinheiro

 Pesquisa Genealógica   Brasão de Armas   Links de Genealogias   Cidadania   Inclua sua Família  Comunidades  Contato

 

FAMÍLIA PINHEIRO

  PINHEIRO - Nome de raízes toponímicas representativo de uma família muito antiga, conhecendo-se já no século XIII indivíduos a usá-lo. Da sua linhagem parece ter saído a dos Outiz, senhores de uma quinta deste nome que alguns tratadistas dão por netos de Pedro Afonso Pinheiro, morador na província do Minho no ano de 1301 onde defendia por honra o lugar de Rebordões, freguesia de Insalde, concelho de Paredes de Coura.
  Desses ficou geração que continuou o apelido de Outiz, mas também João Esteves Pinheiro e D. Mór Esteves Pinheiro que herdou da casa paterna e casou com Martim Lopes ouvidor-geral das terras de D. Afonso, 1º duque de Bragança, do qual se diz também ter sido Alcaide-Mór de Barcelos. Destes descendem muitas gerações que usaram o apelido de Pinheiro».
Em 1411 viviam em Setúbal: Estevão Anes Pinheiro, Lourenço Gomes Pinheiro e Estevão Pinheiro. Eram todos originários de Barcelos, onde a familia Pinheiro tinha importância.
      Os Pinheiros de Setúbal eram todos criados do Infante D. João, Mestre de Santiago. Em 1427 fica dono da Bacalhoa. Esta passou depois para Dona Brites, filha do infante Dom João, e aparece como criado dela Diogo Pires Pinheiro, neto do citado Estevão Anes Pinheiro. Em 1570 moram em Pinheiros, Brás Pires e Francisco Pires.
      É hipótese justificada, pelo que fica dito, que os Pinheiros fossem os donos da herdade dos Pinheiros onde se fundou a aldeia.
      Os testemunhos históricos locais mais antigos da Aldeia de Pinheiros de Azeitão são dois ou três portais quinhentistas. 

pinheiro

Custom Search

ÁRVORES GENEALÓGICAS

Pesquise sua árvore genealógica no índice abaixo. Se não tiver: clique e Inclua sua Família ou atualize seus dados. É gratuito! Você pode também  incluir um link para acesso à página de sua família.

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z